quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

CAVÉM

(Domiciano Barrocal Gomes,21/12/1932,Vila Real de Santo António)
Extremo-esquerdo / Médio / Defesa
47/48-G.D.Celeiro----------torneio pop.
48/49-G.D.Celeiro----------torneio pop.
49/50-Lusitano V.R.S.A.----jun.

50/51-Lusitano V.R.S.A.----II
51/52-Lusitano V.R.S.A.----III

52/53-Lusitano V.R.S.A.----II
53/54-Sporting Covilhã-----I
54/55-Sporting Covilhã-----I
55/56-Benfica--------------I
56/57-Benfica--------------I
57/58-Benfica--------------I
58/59-Benfica--------------I
59/60-Benfica--------------I
60/61-Benfica--------------I
61/62-Benfica--------------I
62/63-Benfica--------------I
63/64-Benfica--------------I
64/65-Benfica--------------I
65/66-Benfica--------------I
66/67-Benfica--------------I
67/68-Benfica--------------I
68/69-Benfica--------------I
 

69/70-Os Nazarenos---------III*
70/71-Ginásio Alcobaça-----Dist.*
71/72-Ginásio Alcobaça-----Dist.*
72/73-Académico Viseu------III*

73/74-Académico Viseu------III*

 *(jogador/treinador)















 

































-
-









Cavém é o jogador de futebol algarvio que mais 
títulos alcançou e um dos melhores de sempre
que nasceram na região sul do país.
Domiciano Cavém começou por jogar no clube de
futebol popular "O Celeiro" da sua terra natal,
Vila Real de Santo António,para logo passar a
jogar,já federado,no Lusitano,onde seu pai,
Norberto Cavém era treinador.
Domiciano Cavém já fez parte do plantel da equipa 
lusitanista que conquistou o Campeonato da 
3ªDivisão em 1951/1952 embora não alinhando
muitas vezes na equipa principal.
Em 1953/1954,Cavém transfere-se para o Sporting
da Covilhã,onde reencontra o seu irmão Amílcar
Cavém,e foi ai no clube serrano que o algarvio
realmente começou a practicar o seu melhor futebol
e a dar nas vistas a nível nacional.
É transferido para o Benfica onde jogaria até aos 
38 anos, período em que alcança a performance mais 
brilhante da sua carreira. Bi-campeão europeu  
(1961 e 1962), vence nove campeonatos nacionais e 
quatro Taças de Portugal. Integra o onze da Luz 
em 542 jogos e consegue 125 golos. Na selecção 
atinge as 18 internacionalizações e marca por 
quatro vezes.
Típico todo o terreno, Cávem iniciou a carreira 
como  avançado e terminou como defesa. Realizou o 
primeiro jogo com a camisola da águia em 4 de 
Dezembro de 1955 e finalizou o seu percurso em 
1968/1969. Nesse momento, com 38 anos, tirou o 
curso de treinador e percorre o país  nessa nova 
função.Os Nazarenos, Ginásio  de Alcobaça
Académico de Viseu (estes ainda na condição de 
jogador/treinador),Moimenta da Beira,Sporting da 
Covilhã, G.D.Bragança,Viseu e Benfica,S.C.Régua, 
G.D.Mangualde,Santa Clara dos Açores,Lousanense,
A.C.Marinhense,Beneditense Castromarinense 
foram os emblemas que treinou,embora não tivesse  
alcançado grande projecção. 
Já depois de abandonar o futebol, empregou-se 
na Câmara Municipal de Alcobaça.
Faleceu em Janeiro de 2005. 







Palmarés:
2 Taças dos Clubes Campeões Europeus - 

1960/61 e 1961/62 (S.L.Benfica)
9 Campeonatos Nacionais -
1956/57, 1959/60, 1960/61, 1962/63, 1963/64, 1964/65, 

1966/67, 1967/68 e 1968/69 (S.L.Benfica)
4 Taças de Portugal -

1956/57, 1958/59, 1961/62 e 1963/64 (S.L.Benfica)
3x Vice-Campeão Europeu - 1962/63, 1964/65 e 1967/68 (S.L.Benfica)
2x Finalista Vencido Taça Intercontinental - 1961/62 e 1962/63 (S.L.Benfica)
1x Finalista Vencido Taça Latina - 1956/57 (S.L.Benfica)



Cavém,o 2º da direita,titular no ataque do Benfica
Campeão Europeu 1960/61


Cavém,o 7º da esquerda,em baixo,no Benfica em 
1956/57 com as faixas de Campeão Nacional
 Recorte retirado do "Jornal do Algarve" de 1988

















Cavém na Covilhã com Simoniy,Cabrita e Isaurindo,
em cima, e o seu irmão Amílcar,em baixo.





























































Recortes retirados da revista "ídolos do Desporto"

Sem comentários: