sexta-feira, 26 de junho de 2009

PICARETA

(José Francisco Picareta,20/9/1934,Serpa) 
Extremo-direito
51/52-F.C.Serpa-------------jun.
52/53-F.C.Serpa-------------Dist.
53/54-F.C.Serpa-------------Dist.
54/55-F.C.Serpa-------------Dist.
55/56-F.C.Serpa-------------III
56/57-F.C.Serpa-------------III
57/58-Sporting Covilhã------II
58/59-Sporting Covilhã------I
59/60-União Coimbra---------II
60/61-Sporting Covilhã------I
61/62-Sporting Covilhã------I
62/63-Seixal----------------II
63/64-Amora-----------------III
64/65-Arrentela-------------Dist.



























 













Picareta começou a jogar no Futebol
Clube de Serpa,a sua cidade natal,e
foi ai que deu nas vistas e conquistou
os seus primeiros troféus:o campeonato
Distrital 1954/55 e o histórico título
de Campeão Nacional da 3ª Divisão ao
lado de grandes nomes do nosso futebol,
como eram Teixeira da Silva e Patalino.
O seu valor como extremo-direito levou-o
a transferir-se para o Sporting da Covilhã,
na companhia de Coureles,Garcia e do
treinador Fabian,todos vindos igualmente
do Serpa.
Nessa época,1957/58,Picareta sagra-se
mais uma vez campeão,desta vez da 2ª
Divisão,ao serviço dos covilhanenses.
Picareta representou ainda o União de
Coimbra em 1959/60,regressando á Covilhã
para fazer mais 2 temporadas na 1ªDivisão
com os "Leões da Serra".
O extremo-direito alentejano jogou ainda
no Seixal,Amora e terminou no Arrentela.







Picareta,sentado á esquerda,no Sporting da Covilhã


Picareta,o 1º em baixo,da esquerda,Campeão Nacional
da 3ªDivisão em 1956/57 com o Serpa
Recorte retirado do livro "Figuras e factos do
Sporting da Covilhã" de João de Jesus Nunes
Picareta,com a faixa de campeão da 2ª Divisão
com o Sp.da Covilhã em 1957/58 ao lado do espanhol
Pedro Martin(á direita) e com Rita e Cabrita(atrás).


terça-feira, 23 de junho de 2009

EMINÊNCIO

(Eminencio Gens Queiroga,6/8/1924,Redondo-Évora)
Avançado / Extremo-esquerdo / Médio
41/42-Lusitano Évora-----jun.
42/43-Lusitano Évora-----jun.
43/44-Olhanense----------I
44/45-Olhanense----------I
45/46-Olhanense----------I
46/47-Olhanense----------I
47/48-Olhanense----------I
48/49-Olhanense----------I
49/50-Olhanense----------I
50/51-Sporting Covilhã---I
51/52-Sporting Covilhã---I
52/53-Sporting Covilhã---I
53/54-União Montemor-----II
54/55-Olhanense----------II
55/56-Olhanense----------II
56/57-Olhanense----------II
57/58-Unidos Sambrazense-III





























 
















Pedra importante na forte equipa do
Olhanense dos anos 40 de Cabrita,
Grazina, Loulé e Francisco Palmeiro,
Eminêncio era um jogador polivalente,
que tanto jogava a avançado-centro ou
a extremo-esquerdo e também na defesa.
Em 1948/49,jogando a avançado, Eminêncio
marcou 6 golos,numa vitória do Olhanense
sobre o Boavista por 10 a 3.

Depois de 7 temporadas de grande nível
no Olhanense da 1ªDivisão,Eminêncio sai
para o Sporting da Covilhã e também ai fez
parte das excelentes formações dos Leões
da Serra que em 1950/51 e 1951/52 alcançaram,
por 2 vezes, o 6ªlugar no Campeonato Nacional 
da 1ªDivisão.
Depois do Covilhã e de uma temporada no
União de Montemor,Eminêncio regressa ao
Olhanense para mais 3 época,desta vez na 
2ª Divisão.
Terminaria a carreira nos Unidos Sambrazense.





Eminêncio,o 3º em cima,da esquerda,no Olhanense
em 1947/48

Eminêncio em destaque no Olhanense em 1947/48.
Recorte do jornal "Correio Olhanense".

Eminêncio,o 1º em baixo,da direita,no Olhanense em 1946







Eminéncio,o 3º da esquerda ,em baixo,na Selecção 
do Algarve em 1950











segunda-feira, 22 de junho de 2009

CARLOS ALBERTO

(Carlos Alberto Inácio Santos,25/5/1951,Quarteira)
Extremo-direito

68/69-Louletano----------jun.
69/70-Louletano----------
jun.
70/71-Louletano----------
Dist.
71/72-Portimonense-------II
72/73-Portimonense-------II
73/74-F.C.Moxico---------I(Angola)
74/75-Quarteirense-------Dist.
75/76-Portimonense-------II
76/77-Esperança Lagos----II
77/78-Farense------------II
78/79-Farense------------II
79/80-Farense------------II
80/81-União Leiria-------II
81/82-União Leiria-------I
82/83-Belenenses---------II
83/84-Paços Ferreira-----II
84/85-União Leiria-------
II
85/86-Farense------------
II
86/87-Louletano----------III
87/88-Quarteirense-------III
88/89-Quarteirense-------III



























 

















Ponta direita muito rápido,Carlos
Alberto conheceu o successo em
quase todos os clubes algarvios que
representou.

Depois de dar nas vistas no Louletano,
Carlos Alberto é contratado pelo
Portimonense,onde joga duas épocas na
2ªDivisão antes de ir cumprir o serviço 
militar em Angola.
Quando retorna,Carlos Alberto integra
o Quarteirense,equipa da sua terra natal,
para ajudar na histórica conquista do
Distrital em 1974/75.
Na época seguinte,1975/76 fez parte da
equipa do Portimonense que logrou
subir,pela primeira vez na sua
história,á 1ª Divisão nacional.
No Farense em 1985/86 foi Campeão
da 2ª Divisão Zona Sul,com nova
subida ao escalão principal.No ano
seguinte sagrou-se Campeão de toda
a 3ª Divisão pelo Louletano.
Já no União de Leiria,em 1980/81,tinha
sido Campeão do segundo escalão,
representado os leirienses na Divisão
principal em 1981/82 onde foi titular,
27 jogos,4 golos.

Termina a carreira no "seu" Quarteirense
onde mais tarde veio a ser treinador e
de novo,Campeão Distrital.





Carlos Alberto,o 5º em baixo,da esquerda,no Portimonense
em 1971/72

Carlos Alberto,o 2º em baixo,da direita,no Quarteirense
em 1974/75,Campeão Distrital
Carlos Alberto,o 5º em baixo,da direita,no Portimonense
em 1975/76


Carlos Alberto,o 2º em baixo,da direita,no Esperança de 
Lagos em 1976/77
Carlos Alberto,em baixo,á esquerda,no Farense em
1977/78
Carlos Alberto,o 3º em baixo,da esquerda,no Belenenses
em 1982/83
Carlos Alberto,o 2º em cima,da direita,no Farense

 
Carlos Alberto,o 2º em baixo,da esquerda,no Portimonense 
em 1975/76

Carlos Alberto,o 1º em pé,da direita,no Louletano Campeão
da 3ª Divisão em 1986/87

Carlos Alberto,o 4º da fila do meio,na equipa técnica do 
Quarteirense

quarta-feira, 17 de junho de 2009

RAÇÕES

(Manuel Guerreiro Rações, 24/1/1943, Serpa)
Avançado

61/62-F.C.Serpa----------III
62/63-F.C.Serpa----------Dist.
63/64-F.C.Serpa----------Dist.
64/65-F.C.Serpa----------III
65/66-F.C.Serpa----------III

66/67-F.C.Serpa----------Dist.
67/68-F.C.Serpa----------Dist.
68/69-F.C.Serpa----------Dist.
69/70-F.C.Serpa----------Dist.

70/71-F.C.Serpa----------Dist.
71/72-F.C.Serpa----------III
72/73-F.C.Serpa----------
Dist.










































Manuel Rações é,com o seu irmão gêmeo 
Francisco Rações,um dos mais populares
jogadores da história do F.C.Serpa,e
igualmente uma dos melhores executantes
que representaram o clube serpense.
Manuel Rações,avançado goleador,jogou 
toda a sua carreira no Serpa e mesmo 
depois de uma lesão grave contraída em 
1968 ainda voltou a tempo de se sagrar
Campeão Distrital em 1970/71,sempre
com seu irmão Francisco a seu lado.
Manuel Rações é pai de José Manuel Rações,
um avançado que também fez notável
carreira no futebol alentejano.


Manuel Rações,o 2º em baixo,da esquerda,no Serpa
em 1965/66






Manuel Rações,o 2º em cima,da esquerda,no Serpa em
1966/67,com o seu irmão gêmeo Francisco Rações
em baixo,á direita.


Manuel Rações,o 2º em baixo,da esquerda,no Serpa
em 1970/71,Campeão Distrital





Excerto da biografia de Manuel Rações retirado
do livro "Glórias do Passado" de José Saúde

terça-feira, 9 de junho de 2009

REINA

(Joaquim Martins Reina, 1/10/1930, Vila Real de Santo António)
Defesa-direito

47/48-G.D."O Celeiro"----torneio popular
48/49-G.D."O Celeiro"----torneio popular 
---------------------------
51/52-Lusitano V.R.S.A.--II
52/53-Lusitano V.R.S.A.--II
53/54-Lusitano V.R.S.A.--II
54/55-Farense------------II
55/56-Farense------------II
56/57-Farense------------II
57/58-Farense------------II
58/59-Farense------------II
59/60-Farense------------II
60/61-Farense------------II
61/62-Farense------------II
62/63-Farense------------II
63/64-Farense------------II
64/65-Farense------------II
65/66-Farense------------III
66/67-Farense------------III



































 












Defesa nascido em Vila Real de Santo António,
Reina fez uma longa e proveitosa carreira ao 
serviço do Farense,clube que representou durante 
muitos anos como jogador,treinador e dirigente.
Reina começou por jogar no clube popular "O
Celeiro",de Vila Real de Santo António e só aos
21 anos começa a jogar como jogador federado
no Lusitano,logo na equipa principal.
Nessa sua primeira época,1951/1952,Reina faz
parte do plantel lusitanista que conquista o
Campeonato Nacional da 3ª Divisão,para onde
clube tinha caido após as épocas na 1ªDivisão.
Reina chega ao Farense em 1954 para fazer 13
épocas consecutivas,sempre a titular na defesa 
no clube de Faro.
Como jogador,Joaquim Reina ficou conhecido por
ser um defesa duro e implacável na marcação
aos avançados contrári
os.Nunca jogou na 1ª
Divisão mas esteve perto disso em 1956/1957,

1957/1958 e 1960/1961.Seria como treinador que 
alcançaria o feito de levar o clube de Faro á 
Divisão principal em 1969/1970.
A carreira de treinador de Joaquim Reina foi,
também ela,longa,com passagem pelos mais
emblemáticos clubes algarvios,como Lusitano de
V.R.S.A.,Esperança de Lagos,Silves F.C. e
Louletano,tendo orientado também G.D.Lagoa,
G.D.Penha,Campinense e Moncarapachehse.
Mas Joaquim Reina nunca perdeu o contacto
com o Farense,tendo retornado ao clube já
neste século como treinador/adjunto,mas
sendo chamado a técnico principal algumas
vezes,numa função interina,entre a saida e
entrada de treinadores principais como
aconteceu nas épocas de 2013/2014 e 2015/2016.






Ficha da primeira inscrição de Joaquim Reina no 
Lusitano de V.R.S.A. na época de 1951/1952

Reina,o 2º em cima,da direita,no Lusitano de V.R.S.A.
em 1953/1954
Recorte de 1957 retirado do "Jornal do Algarve"
Reina,o 2º em cima,da esquerda,no Farense em 1954/1955


Reina,o 3º em cima,da esquerda,no Farense em 1957/1958


Reina,o 2º em cima,da esquerda,no Farense em 1959/1960
Reina,á direita,com Poeira,Porcel e Atraca,
no Farense em 1960

Reina,(o nº3 do Farense) a marcar um golo ao Lusitano
de V.R.S.A. em 1962/1963
Joaquim Reina,o 4º em cima,da direita,treinador no
Farense em 1969/1970
Joaquim Reina,á esquerda,treinador do Lusitano de
V.R.S.A. em 1974/1975