sábado, 30 de julho de 2011

ROSALINO

(Alberto Cláudio Anacleto Rosalino,15/7/1953,Évora)
Avançado / Extremo
69/70-Lusitano Évora-----------juv
70/71-Lusitano Évora-----------
jun.
71/72-Lusitano Évora-----------II
72/73-Lusitano Évora-----------III
73/74-Lusitano Évora-----------II
74/75-Atlético Reguengos-------
III
75/76-Esperança Lagos----------
II
76/77-Atlético Reguengos-------
III
77/78-G.D.Paços Brandão-------
-II
78-London City Ontário---------Canadá------
78/79-Atlético-----------------II
80-First Portuguese Toronto----Canadá
81-Dinamo Latino Toronto-------Canadá
82-First Portuguese Toronto----Canadá
83-Peniche Toronto-------------Canadá

84-Niagara Soccer Club Toronto-Canadá
85-Nacional Madeira Toronto----Canadá
86-Nacional Madeira Toronto----Canadá
87-Alianza Lima Toronto--------Canadá








 

































Rosalino começou nos juvenis do Lusitano
de Évora,a sua terra natal,tendo feito
a sua estreia na equipa sénior ainda
no histórico clube eborense,atuando
na 2ª Divisão Nacional.
Em 1974/75,Rosalino passa para o
Atlético de Reguengos de Monsaraz e na
época seguinte representa o Esperança
de Lagos,na época de estreia do clube
lacobrigense na 2ª Divisão.
Avançado polivalente,que podia jogar nos
flancos ou no meio,Rosalino volta ao
Atlético de Reguengos em 1976/77.
Em 1977/78,o eborense ruma ao norte
para jogar no Paços de Brandão mas logo
em 1978 tem a sua primeira experiência
no Canadá,representando o London Ontário
durante alguns meses.
Na época de 1978/79,Rosalino joga no
Atlético,na 2ª Divisão,para no fim da
época rumar em definitivo para o Canadá,
mais concretamente para Toronto,onde
continuou a jogar,e depois a treinar,
por mais de uma década,representado os
principais clubes de Toronto,com destaque
para o First Portuguese,o mais popular
clube de portugueses no Canadá.











Rosalino,o 4º da esquerda,em baixo,nos juniores do 
Lusitano de Évora


Rosalino,o 3º da esquerda,em baixo,no Esperança de 
Lagos na 2ª Divisão em 1975/76


Rosalino,o 1º da direita,em baixo,no Atletico de Reguengos 
de Monsaraz em 1976/77

Rosalino,o 1º em cima,da direita,no Atlético


Rosalino,o 1º em baixo,da direita,no First Portuguese,clube 
português de Toronto,Canadá


Rosalino,o 6º em cima,da esquerda,no Dinamo 
Latino de Toronto
Alberto Rosalino,em cima á esquerda,treinador dos juniores 
do First Portuguese

sexta-feira, 22 de julho de 2011

CAMPOS

(Jorge Campos Lopes,25/3/1933,Vila Real de Santo António)
Avançado
49/50-Lusitano V.R.S.A.---jun.
50/51-Lusitano V.R.S.A.---jun.
51/52-Farense-------------II
52/53-Farense-------------II
53/54-S.L.Olivais---------II
54/55-S.L.Olivais---------II
55/56-S.L.Olivais---------II
56/57-Farense-------------II
57/58-CUF-----------------I
58/59-Olhanense-----------II
59/60-Olhanense-----------II
60/61-Olhanense-----------II
61/62-Olhanense-----------I
62/63-Olhanense-----------I
63/64-Olhanense-----------I
64/65-
65/66-Olhanense-----------II














































Campos foi um avançado hábil e concretizador
que começou por jogar nas camadas jovens do
Lusitano de V.R.S.A.,clube da sua terra natal.
Em 1951/52,na sua primeira época como jogador
senior,transfere-se para o Farense onde logo
começa a ser utilizado na equipa principal.
Durante o serviço militar,Campos alinha no 
Olivais de Lisboa,retornando ao Farense 3
épocas depois para ser o melhor marcador
da equipa,o que lhe valeu uma transferência
para o primo-divisionário C.U.F. do Barreiro.
De volta ao Algarve,Campos ingressa desta
vez no Olhanense,clube onde foi o melhor
marcador na época da subida (regresso) á 1ª 
Divisão (25 golos em 1960/61,Campeão da Zona 
Sul da 2ª Divisão).
Campos continuaria no Olhanense por mais
algumas temporadas até se mudar para Moçambique
onde se viria a radicar .






Recortes retirados do livro "História e vida
do S.C.Farense" de Luis Vaz da Costa
Campos,o 4º em baixo,da esquerda,no Olhanense em
1958/59

Imagem de um golo de Campos marcado contra o Portimonense em 60/61
Noticia da partida de Campos para Moçambique em 1966

terça-feira, 19 de julho de 2011

ANTÓNIO JORGE

(António Jorge,21/8/1914, Faro)
Defesa

32/33-Farense---------reservas
33/34-Farense---------Region.
34/35-Farense---------II
35/36-Belenenses------I
36/37-Farense---------II
37/38-Farense---------II
38/39-Farense---------II
39/40-Académico Porto-I

40/41-Académico Porto-II
41/42-Académico Porto-I
42/43-
Académico Porto-II
43/44-
44/45-
45/46-










António Jorge foi um defesa forte e
seguro que jogou no Farense durante
os anos 30 (6 épocas),numa altura em
que o clube de Faro formava boas
equipas que lutavam sempre para subir
á 1ª Divisão.
Pelo Farense,António Jorge sagrou-se
por 2 vezes Campeão Distrital:1933/34
e 1937/38.
Cobiçado por clubes da 1ª Divisão,
António Jorge transfere-se para o
Belenenses na época de 1935/36,mas
acaba por ser muito pouco utilizado na
equipa principal.
Em 1939/40 é transferido para o Académico
do Porto,antigo clube de Carlos Alves,seu
treinador no Farense,e que competia na
1ª Divisão.
Neste clube portuense,António Jorge
alinhou várias temporadas,tendo se
destacado ao ser chamado á Seleção do
Porto,maioritariamente composta por
jogador do F.C.Porto e Boavista.





António Jorge,o 4º em baixo,na Seleção do Porto
em 1942

António Jorge,o 5º da esquerda,no início dos anos 30 no Farense

António Jorge,o 1º em cima,da direita,no Farense 
em 38/39,Campeão da 2ªDivisão Nacional

















Recortes retirados do livro "História e vida
do S.C.Farense" de Luis Vaz da Costa


sexta-feira, 15 de julho de 2011

TÓNICA

(António João dos Santos Calvário,8/9/1957,Silves)
Lateral-direito

71/72-Silves-----------ini.
72/73-Silves-----------juv.
73/74-Silves-----------juv.
74/75-Silves-----------jun.
75/76-Silves-----------jun.

76/77-Silves-----------III
77/78-Silves-----------III
78/79-Silves-----------III
79/80-Silves-----------III
80/81-Silves-----------II

81/82-Silves-----------III
82/83-Silves-----------III
83/84-Messinense-------Dist.*

*terminou a carreira devido a lesão grave








































Tónica foi um defesa lateral que teve uma
curta carreira como jogador devido a lesão
grave que o obrigou a terminar a carreira
aos 26 anos.
No seu trajecto de jogador,Tónica Calvário
só representou 2 emblemas,o Silves F.C.,
clube da sua terra natal,onde jogou nas
camadas jovens e em séniores até 1983,e
Messinense,onde sofreu a lesão grave.
Como técnico,Tónica continuou no U.D.
Messinense e posteriormente na equipa 
sénior,onde se sagrou Campeão da 2ªDivisão 
Distrital por duas vezes.
Foi também treinador e trbalhou no
Departamento de Futebol do Silves.



Tónica,o 1º da direita,na fila do meio,no Silves em 1979/80

Recorte retirado do "Jornal do Algarve" de 1990/91





Carreira de treinador:

84/85-Messinense------Dist.
85/86-Silves----------camadas jovens
86/87-Silves----------camadas jovens
87/88-Messinense------Dist.
88/89-Messinense------Dist.
89/90-Messinense------Dist.
90/91-Messinense------Dist.
91/92-Silves----------II B(incompleta) 

------------------------------------------------ 
96/97-Messinense------Dist.
------------------------------------------------ 
05/06-Silves---------(Dep.Fut.)
06/07-
Silves---------(Dep.Fut.)
07/08-Silves---------(Dep.Fut.)
08/09-Silves---------(Dep.Fut.)
09/10-Silves---------(Dep.Fut.)
10/11-Silves---------(Dep.Fut.)





Tónica Calvário,em cima á esquerda,técnico do Messinense 
em 1984/85,Campeão da 2ª Divisão Distrital

Notícia da saída de Tónica Calvário do Silves em 1992.
Recorte do "Jornal do Algarve"

Tónica Calvário,o 2º em cima,da esquerda,Bi-Campeão 
Distrital da 2ª Divisão em 1989/90 com o Messinense


quarta-feira, 13 de julho de 2011

LAMEIRA

(José Antonio Lameira da Silva, 1947, Beja)
Defesa-central

64/65-Despertar Beja-----jun.
65/66-Desportivo Beja----jun.
66/67-Desportivo Beja----III
67/68-Desportivo Beja----III
68/69-
Desportivo Beja----III
69/70-Desportivo Beja----III
70/71-Desportivo Beja----III
71/72-Desportivo Beja----III
72/73-Desportivo Beja----III
73/74-Desportivo Beja----III
74/75-Desportivo Beja----III
75/76-Desportivo Beja----III
76/77-Desportivo Beja----III
77/78-







































Lameira foi jogador do Desportivo de Beja
durante practicamente toda a sua carreira,
atuando a defesa-central e sendo capitão
de equipa várias épocas.
Lameira destacava-se por ser quase sempre o 
elemento mais alto da equipa mas também
pelo empenho e liderança na defesa do
Desportivo durante as décadas de 60 e 70.
Lameira,depois de terminar a carreira de 
jogador,continuou ligado ao Desportivo de
Beja em funções diretivas.






Lameira,em cima,á direita,capitão no Desportivo de Beja

Ficha de Lameira ainda junior no Despertar
Lameira,o 3º em cima,da direita,em 70/71,já capitão 
de equipa do Desportivo










Lameira,ao lado do G.R. Lança,como 
Secretário Técnico do Desportivo de Beja


segunda-feira, 11 de julho de 2011

LUIS DORES

(Luis Guilherme Santos Dores,18/6/1967,Faro)
Médio

80/81-Farense-------------ini.
81/82-Farense-------------juv.
82/83-Farense-------------juv.
83/84-Farense-------------jun.
84/85-Farense-------------jun.
85/86-Campinense----------III
86/87-Campinense----------III
87/88-Campinense----------III
88/89-Campinense----------Dist.
89/90-Sambrazense---------Dist.
90/91-Sambrazense---------Dist.
91/92-Padernense----------Dist.
92/93-Padernense----------III
93/94-Beira-mar M.G.------Dist.
94/95-Messinense----------Dist.
95/96-Messinense----------Dist.
96/97-Sambrazense---------III
97/98-Quarteirense--------Dist.
98/99-11 Esperanças-------Dist.
99/00-11 Esperanças-------Dist.
















































Natural de Faro,Luis Dores iniciou-se
no futebol no S.C.Farense,percorrendo
todos os escalões jovens até chegar a
sénior,tendo ai passado para o Campinense
em meados dos anos 80,quando o clube
de Loulé competia na 3ª Divisão.
A seguir fica duas temporadas na União
Sambrazense e depois chega ao Padernense
para ficar na história do clube,ao
fazer parte da histórica equipa que se
sagrou Campeã Distrital em 1991/92, e 
levou o clube aos Nacionais pela primeira 
vez.
Depois,Luis Dores,um médio laborioso,
passou pelo Beira-Mar de Monte Gordo,
Messinense,de novo a União Sambrazense,
Quarteirense e termina a carreira no pequeno
emblema de Faro,o F.C.11 Esperanças.
Quase de imediato inicia a sua carreira de
treinador,tendo já sido Campeão Distrital
do Algarve em 2009/10 com o Messinense






Luis Dores,o 2º da direita,nos juniores do Farense


Luis Dores,o 2º em baixo,da esquerda,no Sambrazense
em 1990/91



Luis Dores,em baixo,á esquerda,titular no Padernense
na 3ª Divisão em 1992/93



Luis Dores,ao meio em baixo,Campeão Distrital com o 
Padernense em 1991/92




















































Carreira de treinador-

01/02-Silves--------------III
02/03-G.D.Lagoa-----------Dist.
03/04-Salgados------------Dist.
04/05-Almancilense--------III
05/06-Almancilense--------III
06/07-Almancilense--------III
07/08-Almancilense--------III
08/09-inactivo
09/10-Messinense----------Dist.
10/11-Messinense----------III




Luis Dores,Campeão Distrital com o 
Messinense em 09/10





Recorte retirado do jornal "A Avezinha" de 2010

domingo, 10 de julho de 2011

JORGE

(Jorge Manuel Pascoa Ramos,17/2/1965,Vila Real de Santo António)
Defesa-central / Trinco
80/81-Lusitano V.R.S.A.--juv.
81/82-Lusitano V.R.S.A.--juv.

82/83-Lusitano V.R.S.A.--jun.
83/84-Lusitano V.R.S.A.--jun.
84/85-Lusitano V.R.S.A.--III
85/86-Quarteirense-------III
86/87-Lusitano V.R.S.A.--Dist.
87/88-Lusitano V.R.S.A.--III
88/89-Lusitano V.R.S.A.--III
89/90-Lusitano V.R.S.A.--II
90/91-Lusitano V.R.S.A.--II H.
91/92-Belenenses---------II H.
91/92-Lusitano V.R.S.A.--II B
92/93-Lusitano V.R.S.A.--II B
93/94-Ginasio Tavira-----Dist.
94/95-Ginasio Tavira-----III
95/96-Ginasio Tavira-----III
96/97-Lusitano V.R.S.A.--III










































Jorge foi um possante defesa que fez a maior
parte da sua carreira ao serviço do Lusitano
de V.R.S.A.,clube pelo qual se iniciou no
futebol.
Desaparecido precocemente,Jorge esteve
em vários momentos altos do Lusitano na
década de 80,como foi o histórico percurso
lusitanista desde o Distrital,em 1986/87,
até á 2ªDivisão,em 1989/90.
Em 1991/92 é chamado a representar o
Belenenses,assinando um contrato de 2 épocas,
mas não fica muito tempo em Lisboa,
retornando ao Lusitano na mesma temporada.
Em 1993/94 transfere-se para o Ginásio de
Tavira onde se sagrou,pela segunda vez,Campeão
Distrital e permanece por mais 2 temporadas
na 3ª Divisão.
Jorge Ramos,também conhecido em Vila Real
de Santo António pela alcunha de "Stromberg",
veio a terminar a carreira no "seu" Lusitano
em 1996/97.  







































Excerto de uma entrevista de Jorge ao "Jornal do Algarve" de 1990





Recorte retirado do "Jornal do Algarve" de 1992












Jorge,em cima,á esquerda,capitão do Lusitano onde se 
sagrou Campeão Distrital em 86/87











Jorge,o 1º em cima,da esquerda,no Ginásio de Tavira,
Campeão Distrital em 93/94