quarta-feira, 9 de setembro de 2009

AMÍLCAR GONÇALVES

(Amílcar D`Aquino Gonçalves,28/9/1933,Vila Real de Santo António)
Extremo-esquerdo / Médio

49/50-Lusitano V.R.S.A.---jun.
50/51-Lusitano V.R.S.A.---jun.
51/52-Lusitano V.R.S.A.---III
52/53-Lusitano V.R.S.A.---II
53/54-Lusitano V.R.S.A.---II
54/55-Lusitano V.R.S.A.---III
55/56-O Elvas-------------II
56/57-Sporting Covilhã----I
57/58-Sporting Covilhã----II
58/59-Sporting Covilhã----I
59/60-Sporting Covilhã----I
60/61-Sporting Covilhã----I
61/62-Sporting Covilhã----I
62/63-Sporting Covilhã----II
63/64-Sporting Covilhã----II
64/65-Sporting Covilhã----II
65/66-Sporting Covilhã----II
66/67-
Sporting Covilhã----II
67/68-C.D.Gouveia---------II
68/69-C.D.Gouveia---------II














































Amílcar foi mais um,de uma longa lista de
jogadores algarvios que foram chamados
a jogar pelo Sporting da Covilhã,em meados
dos anos 50.
Amílcar,como seu irmão mais novo,Marco,
começou no Lusitano da sua terra natal,Vila
Real de Santo António,onde deu nas vistas
pela sua combatividade e polivalência.
Em 1956 chega ao Covilhã para se fixar na 
equipa serrana por uma década,atuando em 
várias posições,incluindo,por uma ocasião,
a de guarda-redes.
Pelos "Leões da Serra",Amílcar foi finalista
da Taça de Portugal em 1956/57,Campeão da
2ª Divisão em 1957/58 e jogou 5 anos na
1ª Divisão,somando 65 jogos e 8 golos.
Terminaria a carreira em outro clube da
Serra,o G.D.Gouveia,e acabou por se radicar
na região serrana.








Amílcar,em baixo,á direita,no Covilhã em 1958/59,o primeiro 
ano dos serranos na 1ªDivisão Nacional

Recorte da biografia de Amílcar retirada do livro 
"Figuras e Factos do S.C.Covilhã" de João de 
Jesus Nunes






Amílcar,em baixo,á direita,no Covilhã










Amílcar,o 2º em cima,da direita,capitão no C.D.Gouveia

terça-feira, 8 de setembro de 2009

NARCISO

(Mário Alvaro Baptista Narciso,4/12/53,Setúbal)
Médio / Avançado

68/69-Vitória Setúbal------juv.
69/70-Vitória Setúbal------juv.
70/71-Vitória Setúbal------jun.
71/72-Vitória Setúbal------jun.
72/73-Vitória Setúbal------I
73/74-Vitória Setúbal------I
74/75-Vitória Setúbal------I
75/76-Vitória Setúbal------I
76/77-Vitória Setúbal------I
77/78-Vitória Setúbal------I
78/79-Vitória Setúbal------I
79/80-Vitória Setúbal------I
80/81-Amora----------------I
81/82-Vitória Guimarães----I
82/83-Vitória Setúbal------I
83/84-Benfica Cast. Branco-II
84/85-G.D.Torralta---------II
85/86-G.D.Torralta---------II













































Médio defensivo de formação,Narciso,depois
de 8 anos e mais de 100 jogos na 1ª Divisão
pelo "seu" Vitória setubalense,vai para o
Amora onde actua mais avançado no terreno e
marca 9 golos em 28 jogos,sendo o segundo
melhor artilheiro da equipa atrás de Jorge Silva.
Depois de passagens por Guimarães e Castelo Branco,
Narciso viria a terminar a carreira no Algarve,
ao serviço do G.D.Torralta,que na altura vivia
o seu momento mais alto,competindo pela primeira
e única vez,na 2ª Divisão.No clube-empresa dos
arredores de Portimão veio encontrar outros
veteranos e antigos companheiros de outras equipas
como Joaquim Rocha,Chico Santos,Sabú ou Norberto








Narciso no Vitória






















 Narciso no Amora

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

JOSÉ RAFAEL

(José António Silvestre Rafael,22/11/58, Faro)
Avançado

73/74-Farense------------juv.
74/75-Farense------------juv.
75/76-Farense------------jun.
76/77-Farense------------II
77/78-Farense------------II
78/79-Farense------------II
79/80-Portimonense-------I
80/81-Portimonense-------I
81/82-Amora--------------I
82/83-Amora--------------I
83/84-Farense------------I
84/85-Boavista-----------I
85/86-Boavista-----------I
86/87-Boavista-----------I
87/88-Vitória Setúbal----I
88/89-Vitória Setúbal----I

88/89-Belenenses---------I







































 






Ponta de lança nascido em Faro,José
Rafael foi um avançado irreverente e 

oportuno que viu reconhecido o seu valor logo
com idade de
juvenil,tendo representado
Portugal por vár
ias vezes nos escalões
jovens quando ainda actuava no Farense.
Depois de uma passagem pelo Portimonense
onde não foi muito aproveitado(11 jogos,
1 golo na 1ª Divisão),José Rafael vai para
o Amora,então na divisão principal,onde foi
o melhor ma
rcador da equipa em 82/83 com 6
golos,não evitando,contudo,a despromoção.
No ano seguinte,de volta ao "seu" Farense,
cumpre a sua melhor temporada na 1ª Divisão
em golos marcados,11,em 21 jogos.
A seguir,José Rafael ruma ao norte onde
representou um ambicioso Boavista e foi ao
serviço do clube do Porto que chega á selecção
Nacional,pa
rticipando em 2 jogos na fase de
apuramento para o Mundial 86,marcando inclusive
um tento a Malta num jogo que se tornou mais
dificil do que se p
oderia pensar,ficando o
resultado final
em 3-2.
Após o Boavista,José Rafael representou o
Vitória de Setúbal onde em 87/88 ainda marcou 
5 golos em 17 partidas.
O algarvio foi também internacional "Olímpico"
por  4 vezes,tendo terminado a carreira no
Belenenses aos 30 anos,vitima de lesão grave.



José Rafael no Portimonense,ao
centro,entre Diamantino e César.




















José Rafael em destaque no jornal
"Barlavento" em 83


Ficha de José Rafael em 1980








José Rafael nas selecções jovens














José Rafael no Amora
José Rafael no Boavista