quarta-feira, 27 de abril de 2016

ADÃO

(Sebastião Rita da Luz,25/1/1916,Silves)
Médio / Defesa
33/34-
34/35-
35/36-Barreirense------II
36/37-Nacional Silves--II
37/38-Nacional Silves--Region.
38/39-Nacional Silves--Region.
39/40-Unidos Lisboa----II
40/41-Unidos Lisboa----I
41/42-Unidos Lisboa----I
42/43-Unidos Lisboa----I
43/44-Unidos Lisboa----II
44/45-CUF Lisboa-------II
45/46-CUF Lisboa-------II
46/47-CUF Lisboa-------II
47/48-Cova da Piedade--III









































Adão foi o melhor jogador da (curta) história
do Club Desportivo Nacional de Silves,efémero
clube de futebol criado em 1935 por um industrial
de Silves de seu nome Aldemiro Mira.Com a mudança
deste para o Barreiro em inícios dos anos 40,o 
clube cessou atividades tendo os seus jogadores
ingressado (ou retornado) ao Silves F.C.
Adão preferiu se transferir para o Unidos F.C.
de Lisboa,o nome desportivo da C.U.F. de então.
Já com uma experiência fora do Algarve (jogou
no Barreirense em 1935/36),Adão fez parte da
equipa cufista que venceu a Série da Extremadura
da 2ª Divisão e alcançou a promoção á 1ª Divisão
em 1939/40,tendo se mantido no escalão principal
por 3 temporadas.
Essa histórica equipa da CUF de Lisboa,além de
Adão,também integrava outros jogadores algarvios,
os melhores nas suas posições,como eram Osvaldo,
extremo-direito ex Olhanense,e Pinção,extremo-
esquerdo ex Portimonense.
Em fim de carreira,Adão ainda se sagrou Campeão
da 3ª Divisão com o Cova da Piedade em 1947/48,
na companhia de mais jogadores algarvios:Gralho,
Osvaldo e Estrela.








Ficha de Adão quando ingressou no Nacional de Silves
em 1936/37

A estreia de Adão nos Unidos (CUF) de Lisboa em
1939/40
Adão titular no Cova da Piedade,Campeão da 3ª Divisão
em 1947/48

sexta-feira, 15 de abril de 2016

LUIS

Luis Fernando Viegas de Sousa,1/7/1953,Tavira)
Guarda-redes
69/70-C.D.Tavirense-----juv.
70/71-C.D.Tavirense-----jun.
71/72-C.D.Tavirense-----Dist.
72/73-C.D.Tavirense-----Dist.
73/74-C.D.Mafra---------Dist.
74/75-C.D.Mafra---------Dist.
75/76-Lusitano V.R.S.A.-III
76/77-Leões Tavira------Dist.
77/78-Lusitano V.R.S.A.-III
78/79-Lusitano V.R.S.A.-III
79/80-Lusitano V.R.S.A.-III
80/81-Olhanense---------III
81/82-Olhanense---------III
82/83-Lusitano V.R.S.A.-III
83/84-Lusitano V.R.S.A.-III
84/85-
85/86-Lusitano V.R.S.A.-Dist.
86/87-Lusitano V.R.S.A.-Dist.
87/88-Lusitano V.R.S.A.-III
88/89-Campinense--------Dist.
89/90-Beira-Mar M.G.----Dist.
90/91-Castromarinense---Dist.
91/92-Leões Tavira------III













































Luis foi um Guarda-redes tavirense de longa
carreira em clubes do Sotavento algarvio,
com destaque para as 3 passagens pelo
Lusitano de V.R.S.A. onde,em 1986/87,se
sagrou Campeão Distrital.
Luis iniciou-se num pequeno clube da sua
terra natal,o Clube Desportivo Tavirense,
tendo ainda representado o Mafra durante
o serviço militar.
Luis de Sousa foi também importante na sua
passagem pelo Olhanense,onde ajudou na 
conquista do Campeonato da 3ª Divisão,Série
F,em 1981/82,com a consequente subida á 2ª
Divisão.
Depois,já veterano,Luis ainda fez boas 
temporadas no Lusitano,Beira-Mar de Monte
Gordo e Castromarinense,terminando em outro
clube de Tavira,o Leões Futebol Clube.



Luis,em cima,ao centro nos Leões de Tavira em 1976/77

Luis no jornal do Olhanense
Excerto de uma entrevista a Luis em 1982



 
Luis,em cima, titular no Olhanense em 1981/82,subida á
2ª Divisão


Luis,o 5º em cima,da esquerda,no Lusitano em 1986/87,
Campeão Distrital



Luis,em cima,á esquerda,no Lusitano em 1987/88

 
Luis,o 6º em cima,nos Leões de Tavira em 1991/92

sexta-feira, 8 de abril de 2016

CADORIN

(Serge Henry Helene Cadorin,7/9/1961,Stavelot-Bélgica)
Avançado
74/75-F.C.Liége-----------------ini.(Bélgica)
75/76-F.C.Liége-----------------juv.(Bélgica)
76/77-F.C.Liége-----------------juv.(Bélgica)
77/78-F.C.Liége-----------------jun.(Bélgica)
78/79-Borussia Monchengladbach--reserv.(Alemanha)
79/80-Borussia Monchengladbach--reserv.(Alemanha)
80/81-F.C.Liége-----------------I(Bélgica)
81/82-F.C.Liége-----------------I(Bélgica)
82/83-F.C.Liége-----------------I(Bélgica)
83/84-Portimonense--------------I
84/85-Portimonense--------------I
85/86-Portimonense--------------I
86/87-Portimonense--------------I
87/88-Académica-----------------I
88/89-Portimonense--------------I
89/90-Tongeren------------------III(Bélgica)









































Cadorin é recordado em Portimão como sendo
o melhor jogador estrangeiro da história do
Portimonense e um dos melhores de sempre do
popular clube da cidade do Arade.
Cadorin começou cedo a dar nas vistas,ao
fazer parte das equipas jovens do F.C.Liége
que conquistaram campeonatos nacionais na
Bélgica,sendo chamado ás Seleções de júniores 
e de "Esperanças" do seu país.Foi também
muito jovem que Cadorin teve a sua primeira
experiência fora da Bélgica,no Borussia de
Monchengladbach,na altura uma dos "grandes" 
da Alemanha Federal,mas o avançado não chegou
a jogar na Bundesliga,sendo sempre suplente
e reserva no clube alemão.
Em 1980 Cadorin volta para o Liége mas continua
a não ter muitas oportunidades na equipa
principal e em 1983,após indicação de Norton
de Matos,Cadorin chega ao Portimonense.
Em Portimão,o avançado belga tem o melhor
período da sua (curta) carreira,sendo o melhor
marcador da equipa com golos muitas vezes 
decisivos,fazendo exibições ainda hoje recordadas 
pelos adeptos,e fazendo parte de grandes equipas 
do Portimonense que alcançariam as melhores 
classificações do clube no Campeonato,como em 
1984/85,quando os "alvinegros" se apuraram para 
disputar a Taça UEFA.
Foi no verão de 1986,após mais uma excelente
época (13 golos em 28 jogos) e com um acordo de 
transferência para o Sporting acertado,que se 
dá o brutal acidente que veio a encurtar a 
carreira do avançado belga.
Após o acidente (explosão de uma bilha de gás),
Cadorin ainda recuperou e voltou a jogar mas
já não era o mesmo jogador.Ainda fez uma ultima
época no Portimonense em 1988/89 (depois uma
temporada na Académica,em vez do Sporting..)
mas o seu contributo já não foi o mesmo.
Voltou á Bélgica e terminou a carreira no
K.S.K.Tongeren.
Veio a falecer em 2007 vítima de ataque cardíaco.








Cadorin,o 3º em baixo,da esquerda,nas camadas jovens
do F.C.Liége
Cadorin em destaque no jogo contra o Farense em 1983

Excerto de uma entrevista de Cadorin no jornal "A Bola" 
de 1985


O regresso de Cadorin em finais de 1986,após o acidente
de que foi vítima.Recorte do "Jornal do Algarve"






Cadorin,ao centro,após marcar um golo ao
Farense no "Derby" algarvio de 1983/84















Cadorin,em cima,á esquerda,no Portimonense em 1985/86
no jogo da Taça UEFA contra o Partizan

domingo, 3 de abril de 2016

CARAPINHA

(João Paulo Mendes Toscano,21/10/1965,Campo Maior)
Defesa-central
80/81-Sporting-----------juv.
81/82-inactivo
82/83-Campomaiorense-----jun.
83/84-Campomaiorense-----jun.
84/85-Campomaiorense-----III
85/86-O Elvas------------II
86/87-O Elvas------------I
87/88-O Elvas------------I
88/89-Lusitano Évora-----II
89/90-Campomaiorense-----III
90/91-Campomaiorense-----II B
91/92-Campomaiorense-----II B
92/93-Campomaiorense-----II H.
93/94-D.Portalegrense----III
94/95-D.Portalegrense----III
95/96-Estrela Portalegre-III
----------------------------
99/00-Avisenses----------III












































Carapinha foi um alto e possante defesa
central alentejano,presente em vários 
momentos históricos do clube da sua terra
natal,o Campomaiorense,e também de outro
clube da "Raia Alentejana",o Elvas C.A.D.
Na equipa "Azul e Ouro",Carapinha está na
subida á 1ª Divisão,em 1985/86,vencendo a
2ª Divisão-Zona Centro,e continuando nos
elvenses mais 2 temporadas na Divisão maior
do nosso futebol onde foi esporadicamente
utilizado:14 jogos no total.
Em 1988/89 representa o Lusitano de Évora
onde foi titular a maior parte do campeonato:
26 jogos,1 golo.
Nos "Galgos" de Campo Maior,Carapinha esteve
no início da histórica ascenção do Campomaiorense,
que viria de chegar á 1ª Divisão Nacional:
Em 1989/90 qualificou-se para a 2ª Divisão B,
em 1991/92 sagra-se Campeão da 2ª Divisão B e
disputa a Divisão de Honra.
Em 1993/94 sai para outro "histórico" do
Distrito,o Desportivo Portalegrense.
Carapinha,familiar de outros "Carapinhas" que 
também jogaram nos 2 clubes da Fronteira alentejana,
veio a representar também o rival citadino,o
Estrela de Portalegre e outra equipa do Concelho,
os Avisenses,antes de pendurar as botas.






Carapinha titular no Elvas na 1ª Divisão em 1986/87











Carapinha,o 2º em cima,da direita,no Lusitano de Évora
em 1988/89
Carapinha,o 4º em cima,da esquerda,no Campomaiorense
em 1991/92,Campeão da 2ª Divisão B
Carapinha,o 4º em cima,da direita,no Campomaiorense
em 1992/93 na Divisão de Honra

quinta-feira, 17 de março de 2016

ALVES

(José Honório Rodrigues Alves,2/3/1940,Beja)
Guarda-redes
57/58-Despertar Beja---jun.
58/59-Desportivo Beja--II
59/60-Desportivo Beja--II
60/61-Desportivo Beja--II
61/62-Desportivo Beja--II
62/63-Desportivo Beja--III
63/64-Desportivo Beja--II
64/65-Desportivo Beja--II
65/66-Desportivo Beja--II
66/67-Desportivo Beja--III
67/68-Desportivo Beja--III
68/69-Desportivo Beja--III
69/70-Desportivo Beja--III
70/71-Desportivo Beja--III
71/72-Desportivo Beja--III
72/73-Desportivo Beja--III
73/74-Desportivo Beja--III
74/75-Desportivo Beja--III


































Alves,em cima,á esquerda,no Desportivo em 1963/64
 Alves,em cima,á esquerda,no Desportivo de Beja em 1966


Excerto da Biografia de Alves retirado do livro
"Glórias do Passado" de José Saúde

quinta-feira, 10 de março de 2016

GERMANO

(José Germano Viegas Gomes,26/5/1926,Castro Marim)
Extremo-esquerdo / Direito
44/45-Lusitano V.R.S.A.---res.
45/46-Lusitano V.R.S.A.---II
46/47-Lusitano V.R.S.A.---II
47/48-Lusitano V.R.S.A.---I
48/49-Lusitano V.R.S.A.---I
49/50-Lusitano V.R.S.A.---I
50/51-Lusitano V.R.S.A.---II
51/52-Lusitano V.R.S.A.---III
52/53-Atlético------------I
53/54-Lusitano V.R.S.A.---II
----------------------------
57/58-Lusitano V.R.S.A.---III
58/59-Lusitano V.R.S.A.---III
59/60-Lusitano V.R.S.A.---II







































Germano era o extremo-esquerdo titular da
histórica equipa do Lusitano de Vila Real
de Santo António que conseguiu a subida á
1ª Divisão em 1946/47,a primeira e única
do clube das margens do Rio Guadiana.
Depois,nas 3 temporadas que o Lusitano
disputou o escalão máximo do futebol em
Portugal,Germano foi sempre dos melhores
elementos dos vilarealenses,integrando o
famoso ataque com Zé de Almeida,Angelino,
Vasques e Calvinho.
Já depois do Lusitano ter descido á 3ª
Divisão,Germano foi convidado a jogar no
Atlético C.P. de Lisboa,que disputava a
1ª Divisão.Germano alinhou somente uma
temporada pelos lisboetas tendo ficado
conhecido como Germano II visto que na
mesma equipa alinhava Germano de Figueiredo,
futuro Campeão Europeu pelo Benfica,e que
era naturalmente o "Germano I".
Depois do Atlético,Germano,que também atuava,
e bem,como extremo-direito,voltou a jogar 
pelo "seu" Lusitano comemorando ainda uma 
subida de Divisão em 1958/59,quando os 
lusitanistas voltaram á 2ª Divisão.







Germano,em baixo,á direita,na equipa do Lusitano que
subiu á 1ª Divisão em 1946/47

Germano,em baixo,á direita,no Lusitano em 1948/49
Germano em destaque no Lusitano de V.R.S.A. em
1948/49 na 1ª Divisão
Germano,á esquerda,em baixo,no Atlético em 1952/53
Germano no Atlético C.P. em 1952/53 era conhecido por
"Germano II",visto que o defesa internacional Germano
de Figueiredo,"histórico" do A.C.P.,era o "Germano I"
Germano,em baixo á direita, a titular no Lusitano em 1958/59,
subida á 2ª Divisão