quinta-feira, 6 de agosto de 2020

SEVERINO

(José Severino Martins,10/11/1928,Mina de S.Domingos)
Avançado
46/47-São Domingos        Region.
47/48-São Domingos        Region.
48/49-São Domingos        Region.
49/50-São Domingos        Region.
50/51-São Domingos        Region.
51/52-São Domingos        II
52/53-São Domingos        II
53/54-São Domingos        II
54/55-Vitória de Setúbal  I
55/56-Desportivo Beja     II
56/57-C.D.Arroios         II
57/58-C.D.Arroios         II
58/59-C.D.Arroios         II
59/60-C.D.Arroios         II








Severino foi um avançado com qualidades de
goleador que começou por jogar no clube da
Mina de São Domingos,o popular São Domingos
Futebol Clube.
Severino,como todos os jogadores do S.Domingos,
era também trabalhador da Mina.
Como jogador,Severino esteve nos melhores
resultados e classificações do S.Domingos
em inícios dos anos 50,quando o clube da Mina
se sagrou Bi-Campeão Regional de Beja,em 1951/
1952 e 1952/1953 e participou na 2ªDivisão.
Em 1954/1955,Severino deixou o S.Domingos,e o
trabalho na Mina,e transferiu-se para o Vitória
de Setúbal,com Madaleno,onde não foi muito 
utilizado na equipa principal na 1ªDivisão.
Em 1955/1956 passa para o Desportivo de Beja,
e ai,mais perto de casa,voltou a jogar mais
regularmente.
Na época seguinte transfere-se para o Clube
Desportivo de Arroios onde foi uma das
principais figuras deste clube quando militava
na 2ªDivisão Nacional.










 
Severino,o 2º em baixo,da esquerda,no São Domingos


Severino,o 2º em baixo,da esquerda,no S.Domingos em 
1951/1952


Severino em baixo á direita com outros jogadores
do São Domingos após um jogo

 
Severino,o 4º em baixo,da esquerda,no S.Domingos
em 1952/1953


 
 Severino referido por João Madaleno na sua biografia













Severino titular no Desportivo de Beja em 1955/1956













 Severino na sua estreia pelo Arroios em 1956/1957




































































terça-feira, 4 de agosto de 2020

DUARTE

(Duarte Pacheco Conceição Baltazar,29/8/1956,Angola)
Extremo/ Avançado
71/72-Moncarapachense        juv.
72/73-Moncarapachense        juv.
73/74-Sporting               juv.
74/75-Farense                jun.
75/76-inactivo
76/77-Quarteirense           III
77/78-11 Esperanças          Dist.
78/79-11 Esperanças          Dist.
79/80-Campinense             III
80/81-Louletano              Dist.
81/82-Silves                 III
82/83-Louletano              III
83/84-Louletano              Dist.
84/85-Sambrazense            Dist.
85/86-Imortal                III
86/87-Almancilense           Dist.
87/88-Quarteirense           III
88/89-Moncarapachense        Dist.
89/90-Moncarapachense        Dist.
90/91-Moncarapachense        Dist.
91/92-Moncarapachense        Dist.
92/93-Moncarapachense        Dist.
93/94-Ferreiras              Dist.
94/95-Almancilense           Dist.
95/96-Atalaia                Dist.
96/97-Atalaia                Dist.
97/98-inactivo
98/99-Farense                Futsal
99/00-Farense                Futsal
00/01-P.Telecom              Futsal
01/02-Jog.A.Aleixo           Futsal






























































Duarte começou a jogar nos juvenis do L.G.C.
Moncarapachense ainda com idade de iniciado e
logo deu nas vistas aos "olheiros" da região
que o recomendaram a outros clubes com maior
projecção.
Duarte aceitou então o convite do Sporting para
jogar na equipa de juvenis,tendo apenas ficado
uma época no clube de Lisboa.
De volta ao Algarve,Duarte representou ainda os
júniores do Farense antes de começar um percurso
no futebol sénior que o levou a jogar para lá dos
40 anos.
Ponta de lança oportuno e certeiro,Duarte foi
o melhor marcador de quase todas as equipas onde
jogou,com destaque para as épocas que representou
o Louletano e o Moncarapachense.
No Louletano,Duarte sagrou-se duas vezes Campeão
Distrital,a primeira em 1980/1981 e depois em 
1983/1984.
No Ferreiras em 1993/1994 sagrou-se também Campeão
da 2ªDivisão Distrital.
Duarte fez boas temporadas também no Almancilense
e Quarteirense e terminou a carreira no futebol de 
11 aos 41 anos no Atalaia.
Depois ainda jogou mais alguns anos no Futsal em
clubes de Faro.










 
Duarte,o 3º em baixo,da esquerda,na equipa de júniores
do Farense

Duarte titular nos júniores do Farense em 1974/1975 
competindo no Campeonato Nacional do escalão


Duarte,o 5º em baixo,da esquerda,no Louletano em 1981/1982
 Duarte,em baixo,á esquerda,no Quarteirense em 1987/1988


Duarte,melhor marcador do Distrital em 1989/1990 no
"Jornal do Algarve"
 
Duarte,o 3º em baixo,da esquerda,capitão no 
Moncarapachense em 1991/1992


 
Duarte,o 4º em baixo,no Moncarapachense em 1992/1993




 
Duarte,o 3º em baixo,da esquerda,no Ferreiras,Campeão 
da 2ª Divisão Distrital em 1993/1994





















sexta-feira, 10 de julho de 2020

MÁRIO BARRETO

(Mário Alberto Monteiro Barreto,20/6/1959,Luanda-Angola
Defesa-central
81/82-Imortal               Dist.
82/83-Quarteirense          III
83/84-Quarteirense          III
84/85-Quarteirense          III
85/86-Louletano             III
86/87-Louletano             III
87/88-Louletano             II
88/89-Olhanense             II
89/90-Salgueiros            II
90/91-Beira-Mar             I
91/92-Académico Viseu       II H.
92/93-Quarteirense          II B
93/94-Quarteirense          II B
94/95-Quarteirense          II B







































Mário Barreto começou a jogar futebol federado
somente aos 22 anos,na equipa sénior do Imortal
de Albufeira,exactamente na mesma época,1981/1982,
que o seu irmão mais novo Babá,começava a jogar
mas na equipa júnior do clube albufeirense.
Mário Barreto nunca tinha jogado futebol "a sério"
alinhando apenas em jogos de amigos de futebol de 
5 e futebol de praia.
Foi o guarda-redes e treinador do Imortal da época,
Vasco Rafael que o "descobriu" para o futebol de
competição onde Mário Barreto fez uma carreira
que o levou a alinhar na 1ªDivisão.
Mário Barreto era um jogador de equipa,jogador alto
de boa compleição física que era útil em várias
posições no terreno.
No Imortal e Quarteirense começou por jogar a 
defesa-central mas no Louletano foi mais utilizado 
por Carlos Sério a defesa direito.Depois no  
Olhanense, Salgueiros e Beira-Mar jogou quase 
sempre a médio defensivo ou como um "3º central".
Nas ultimas épocas no Quarteirense voltou a alinhar
como defesa-central fazendo dupla com o capitão
Hélder Rocha.
Foi mesmo no Quarteirense que Mário Barreto 
terminou a carreira aos 36 anos.







Mário Barreto,o 6º em cima,da esquerda,no Imortal de 
Albufeira em 1981/1982,o seu primeiro ano como
jogador federado.











Mário Barreto,o 2º em cima,da direita,no Quarteirense
em 1983/1984


















Mário Barreto,em baixo,á esquerda,no Quarteirense em
1984/1985



















Mário Barreto,o 7º em cima,da esquerda,no Louletano
Campeão da 3ªDivisão em 1986/1987















Mário Barreto,o 2º em cima,no Louletano em 1987/1988











Mário Barreto,a saltar á esquerda,no Olhanense






Mário Barreto,em baixo,á direita,no Salgueiros em 1989/1990




















Mário Barreto,o 2º em cima,no Beira-Mar em 1990/1991



Mário Barreto,em cima á direita,no Quarteirense em 1993/1994