quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

TÓ LUIS

(António Luis Pereira Gonçalves,13/6/1968,Sines)
Médio-ofensivo
80/81-Vasco da Gama Sines--ini.
81/82-Vasco da Gama Sines--ini.
82/83-Vasco da Gama Sines--ini.
83/84-Vasco da Gama Sines--juv.
84/85-Vasco da Gama Sines--juv.
85/86-Vasco da Gama Sines--jun.
86/87-Vasco da Gama Sines--III
87/88-Vasco da Gama Sines--III
88/89-Vasco da Gama Sines--III
89/90-Vasco da Gama Sines--III
90/91-Vasco da Gama Sines--III
91/92-Vasco da Gama Sines--II B
92/93-União Santiago Cacém-II B




































Tó Luis começou cedo a dar nas vistas
no Vasco da Gama,popular clube da sua
terra natal,Sines.
Aos 19 anos já era titular no meio
campo dos sineenses e aos 22 era o
capitão de equipa.
Pelo Vasco,Tó Luis esteve num momento
alto do clube do litoral alentejano,
quando em 1990/91 se sagrou Campeão
da 3ª Divisão,como capitão de equipa.
Tó Luis não teve uma carreira muito longa,
tendo terminado o seu percurso como 
jogador aos 25 anos,no União de Santiago 
do Cacém,na única época que atuou fora
do Vasco da Gama.
Mas Tó Luis voltaria ao seu "Vasquinho"
para jogar pela equipa dos Veteranos e
para ser Presidente do clube,entre
2012 e 2016.








Tó Luis,em baixo,á direita,no Vasco em 1986/87

Tó Luis,em baixo,á direita,capitão do Vasco da Gama em
1990/91



Tó Luis no Santiago do Cacém em 1992/93
Tó Luis,presidente do Vasco da Gama,no editorial do
jornal do clube,"O Vasquinho" em 2014



CAMARINHA

(Américo dos Santos Camarinha, 1919 ,Portimão)
Avançado / Extremo / Médio
37/38-Portimonense---Region.
38/39-Portimonense---II
39/40-Portimonense---Region.
40/41-Portimonense---Region.
41/42-Portimonense---Region.
42/43-Boa Esperança--Region.
43/44-Boa Esperança--Region.
44/45-Boa Esperança--Region.
45/46-Boa Esperança--II
46/47-Boa Esperança--II
47/48-Boa Esperança--II
48/49-Boa Esperança--Region.
49/50-Boa Esperança--Region.





































Américo Camarinha foi o irmão mais velho
dos irmãos Camarinha de Portimão (Américo,
António e Ilídio) que jogaram futebol,
representando o S.C.Portimonense e o Boa
Esperança Atlético Clube Portimonense,
agremiação que deixou o futebol federado
nos anos 50.
Américo Camarinha foi,como muitos jogadores
dos anos 30 e 40,um jogador polivalente,que
jogou a avançado,a "interior" ou extremo,e 
também em posições mais defensivas.
Camarinha alinhou pelo Portimonense nos
anos 30 mas passou para o Boa Esperança nos
anos 40,fazendo o percurso inverso ao de
muitos jogadores de Portimão da época,como
o seu irmão mais novo,Ilídio Camarinha.
No Boa Esperança,Américo fez parte das
melhores equipas da história do clube,que
participaram na 2ª Divisão nos anos 40.







Camarinha titular na posição de avançado  no Portimonense 
em 1938/39

Camarinha,o 4º em cima,da esquerda,no Boa Esperança
Camarinha titular no Boa Esperança em 1947/48
Américo Camarinha,em baixo,á direita,no Boa Esperança
em 1945/46,Campeão Regional do Algarve da 2ªDivisão

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

ESPADA

(Eduardo Martins Espada,28/5/1950,Loulé)
Médio
66/67-Louletano-----jun.
67/68-Louletano-----jun.
68/69-Louletano-----Dist.
69/70-Louletano-----Dist.
70/71-Louletano-----Dist.
71/72-Louletano-----Dist.
72/73-Louletano---- Dist.
73/74-Louletano-----Dist.
74/75-Louletano-----Dist.
75/76-Louletano-----Dist.
76/77-Quarteirense--III
77/78-Quarteirense--III
78/79-Campinense----Dist.
79/80-Quarteirense--Dist.
80/81-Quarteirense--Dist.
81/82-Quarteirense--Dist.
82/83-Imortal-------Dist.











































Eduardo Espada começou nos júniores do
Louletano,tendo passado para a equipa
sénior em 1968/69,e continuado no clube
por 8 épocas consecutivas.
Centro campista polivalente,que podia
jogar em várias funções no meio-campo,
Espada teve um longo trajecto,como
jogador e depois como treinador,nas
principais equipas do Concelho de Loulé,
com destaque para o Campeonato Distrital
conquistado com o Campinense em 1978/79,
com vários companheiros vindos também do
Quarteirense,como Quim Quim (jogador/
treinador),José João e Elídio.
Como treinador,o clube que Eduardo Espada 
mais tempo trabalhou foi no Quarteira Sport 
Clube(durante os anos 90),tendo levado o 
clube á 1ªDivisão Distrital em 1991/92.
Em 1993/94 sagrou-se Campeão da 2ªDivisão
Distrital com o F.C.Ferreiras.
Espada foi treinador também no Almancilense,
nas camadas jovens e na equipa sénior,e nos
júniores do Quarteirense.







Espada,em baixo,á esquerda,no Louletano

Espada,o 3º em cima,da esquerda,no Quarteirense em
1976/77



Espada,em baixo á esquerda,no Campinense em 1978/79,
Campeão Distrital



Espada,o 3º da direita,em cima,no Imortal de Albufeira,
o seu ultimo clube como jogador
Eduardo Espada no Quarteira S.C. em 1996/97
Entrevista no jornal "Desportivo do Algarve"











Eduardo Espada,treinador do Quarteira S.C.
em 2002/03




















quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

JOSÉ MANUEL

(José Manuel de Jesus Gomes Marques,24/12/1943,Portimão)
Interior / Extremo-direito
60/61-Portimonense-----jun.
61/62-Portimonense-----jun.
62/63-Portimonense-----II
63/64-Portimonense-----II
64/65-Farense----------II
65/66-Desportivo Beja--II
66/67-Desportivo Beja--III






































José Manuel ganhou a alcunha de "Manita",
pela qual ficou conhecido no Algarve e
Alentejo,devido á má formação,de nascença,
da sua da mão direita,cujos dedos não 
cresceram.Mesmo assim,José Manuel Manita
foi um bom jogador de ataque (Extremo-direito
ou Interior) que fez parte das boas equipas
de júniores do Portimonense de inicío dos 
anos 60,orientadas por Fernando Cabrita,
que chegaram ás fases finais do Campeonato
Nacional de Júniores.
Após a 2ª época na equipa sénior,desentendimentos 
com a direção do Portimonense levaram Manita para 
o Farense,que lhe havia feito uma boa proposta,
mas não ficaria muito tempo em Faro.
Manita transferiu-se depois para o Desportivo  
de Beja onde não jogou tanto como gostaria,e
onde veio a terminar a carreira no futebol 
federado.
Quando voltou para Portimão,José Manuel Manita 
haveria de jogar futebol por mais uma década 
mas somente por equipas de Portimão no antigo 
campeonato da F.N.A.T.,que hoje se chama 
I.N.A.T.E.L.







José Manuel Manita,o 2º da direita,em baixo,nos júniores
do Portimonense em 1961/62
José Manuel Manita,o 3º da esquerda,(o mais baixo),
numa jovem equipa do Portimonense com Adventino,
do lado direito.


Excerto de uma entrevista de José Manuel Manita ao
jornal de Portimão, "O Coração" ,de 2016



segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

JOSÉ ROCHA

(José Severino Rocha,25/8/1949,Lisboa)
Médio / Extremo-esquerdo /direito
66/67-Vitória Setúbal-----jun.
67/68-Vitória Setúbal-----jun.
68/69-Vitória Setúbal-----reserv.
68/69-Vasco da Gama Sines-III
69/70-Vitória Setúbal-----I
70/71-União Leiria--------II
71/72-União Leiria--------II
72/73-União Leiria--------II
73/74-Olhanense-----------I
74/75-Olhanense-----------I
75/76-Belenenses----------I
76/77-Belenenses----------I
77/78-Montijo-------------II
78/79-Sesimbra------------III
79/80-Vasco da Gama Sines-III*
80/81-Vasco da Gama Sines-II*
81/82-Vasco da Gama Sines-II*
82/83-União Leiria--------II

*Jogador/Treinador














































No seu longo percurso no futebol,José 
Rocha teve várias passagens marcantes 
por clubes algarvios e alentejanos,como
jogador e como treinador.
José Rocha,jogador de ataque pelos flancos,
começou por jogar nos escalões jovens
do Vitória de Setúbal,chegando a fazer
parte da equipa principal na época de
1969/70,na 1ª Divisão.
Depois de 3 épocas no União de Leiria,
José Rocha chega ao Olhanense onde faz
2 boas temporadas na 1ªDivisão,sempre a 
titular,não evitando mesmo assim a queda
do clube na 2ª Divisão.
Continua na 1ª Divisão ao serviço do
Belenenses,passando depois por Montijo e
Sesimbra.
Em 1979/80 regressa ao Vasco da Gama,onde
já tinha estado em 1968/69,para fazer
história,sagrando-se Campeão Nacional da
3ª Divisão na dupla função de Jogador/
Treinador,situação que se manteve com
bons resultados na 2ª Divisão nas duas
épocas seguintes.
A partir de 1983/84 José Rocha dedica-se 
apenas á carreira de técnico,começando
em clubes do Norte mas logo voltando ao
Alentejo (Juventude de Évora e União de
Santiago do Cacém) e ao Algarve,trabalhando
no Silves em 1989/90 (ultimas jornadas)e
1990/91,Olhanense em 1991/92 (época
incompleta) e voltando uma vez mais ao
Vasco da Gama de Sines (1992/93).
Entre 1995 e 1998,José Rocha trabalha como
Adjunto no Vitória de Setúbal para depois
prosseguir a sua carreira de técnico principal
com bons resultados no Lusitano de Évora
e Estrela de Vendas Novas.







José Rocha,em baixo,á esquerda, no Vasco da Gama 
em 1968/69

José Rocha,o 4º em baixo,da direita,no Olhanense em
1974/75,após a histórica vitória sobre o Sporting no
Campeonato


José Rocha,o 2º em baixo,da esquerda,no Belenenses



José Rocha,o 2º em baixo,da esquerda,no Vasco da Gama
em 1979/80,jogador/treinador Campeão Nacional da 3ª
Divisão


José Rocha,ao meio,em baixo,jogador/treinador do Vasco 
da Gama de Sines em 1981/82
















José Rocha,treinador do Famalicão em 1984/85

José Rocha,treinador do Silves em 1990/91













José Rocha quando voltou ao Vasco da Gama em 1993




José Rocha no Estrela de Vendas Novas em 2002/03,
subida á 2ª Divisão B

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

ALMEIDA

(Joaquim José Almeida,6/10/1956,Faro)
Guarda-redes
71/72-11 Esperanças------juv.
72/73-Farense------------juv.
73/74-Farense------------jun.
74/75-Farense------------jun. 
75/76-inactivo*
76/77-Atl.Marinhense-----II
77/78-União Leiria-------II
78/79-Portimonense-------II
79/80-Silves-------------III
80/81-Silves-------------II
81/82-Silves-------------III
82/83-Louletano----------III
83/84-Sesimbra-----------II
84/85-Esperança de Lagos-III
85/86-Esperança de Lagos-III
86/87-Esperança de Lagos-II
87/88-Esperança de Lagos-II
88/89-Quarteirense-------III
89/90-Almancilense-------III
90/91-Almancilense-------III
91/92-Almancilense-------III












































Almeida foi um popular Guarda-redes algarvio
que teve o mérito de passar por todos os
grandes clubes algarvios,se bem que nem
sempre tenha sido um titular efectivo.
Com uma longa carreira,que o levou também
a representar clubes fora do Algarve,Almeida
começou nos 11 Esperanças,passando depois para 
o Farense onde fez o resto da formação.
Depois de passar por Marinhense e Leiria,
Almeida ingressa no Portimonense onde encontra
a forte concorrência de Jorge e Pinhal,não
conseguindo se impor.
Passa para o Silves em 1979/80 e ai teve um
papel importante,sendo o guardião titular da
equipa na subida á 2ª Divisão.
Continuou no clube por mais 2 temporadas sendo
regularmente a primeira escolha para a baliza 
dos silvenses.
Em 1982/83 foi chamado para o Olhanense mas
terá ficado somente a pré-temporada,passando
depois para o Louletano onde foi bastante
utilizado.
Depois de uma passagem pelo Sesimbra,Almeida
chega ao Esperança de Lagos,onde foi o Guarda-
redes mais utilizado em 1984/85 e 1985/86,ano
da subida á 2ª Divisão.
Ficou mais duas épocas em Lagos mas sendo o
suplente de Cardoso na baliza esperancista.
Almeida joga ainda no Quarteirense,na 3ªDivisão,
e termina a carreira de jogador no Almancilense.
Como treinador,Almeida orientou os 11 Esperanças,
pequeno clube de Faro onde se iniciou.







Almeida,em cima,á direita,no Silves em 1979/80

Almeida,o 4º em cima,no Silves em 1980/81

Almeida titular no Sesimbra em 1983/84


Almeida,á direita,titular no Esperança de Lagos em
1984/85

Almeida,o Guarda-redes da fila do meio,no Esperança de
Lagos em 1985/86




















Almeida treinador dos 11 Esperanças em 1992/93