sexta-feira, 25 de fevereiro de 2022

LIBÓRIO

(Jorge Martinho Pinto Libório,11/11/1951,Portimão) 
Guarda-redes
 
68/69-Portimonense         jun.
69/70-Portimonense         jun.

70/71-Portimonense         reserv.
71/72-Portimonense         II
72/73-Sporting Nampula     I(Moçamb.)
73/74-C.D.Amiense          III
74/75-Portimonense         II
75/76-Portimonense         II
76/77-Odemirense           III
77/78-Silves               III
78/79-Silves               III
79/80-Esperança Lagos      III
80/81-Esperança Lagos      III
81/82-Esperança Lagos
      II
82/83-Silves               III
83/84-Silves               II
84/85-Silves               III
85/86-Alvorense            Dist.
86/87-inactivo
87/88-inactivo
88/89-Estombarenses        Dist.
89/90-Estombarenses        Dist.
*

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 
 
 
 
 
 
*jogador/treinador

 

 

 

 Libório fez uma longa e diversificada
carreira de Guarda-Redes em clubes do
Barlavento algarvio e também em clubes
das ex colónias e do Alentejo.
Com a carreira iniciada no Portimonense,
clube mais importante da sua cidade natal,
Portimão,Libório não teve muitas chances
de jogar na equipa principal quando subiu
a sénior devido á forte concorrência dos
"históricos" Daniel e Semedo.
Depois de cumprir o serviço militar no
antigo "Ultramar",Libório regressa ao 
Portimonense para fazer parte da histórica
equipa que subiu,pela primeira vez,á 1ª
Divisão em 1975/1976.
Em 1976/1977 Libório representa o Odemirense
em nas duas épocas seguintes o Silves F.C.
na 3ªDivisão.
Em 1979/1980 passa para o Esperança de Lagos
e na época seguinte,1980/1981,está na equipa
"canarinha" que faz um grande campeonato
da 3ªDivisão,vencendo a Série F e subindo
á 2ªDivisão.
Libório fica no Esperança para a época
seguinte mas como suplente de Pinhal,o
habitual titular esperancista na 2ªDivisão.
Em 1982/1983,o Guarda-redes volta ao Silves
para uma nova subida de Divisão,situação
que volta a repetir-se em 1984/1985 com
a vitória silvense da Série F.
A 1985/1986,Libório vai para o Alvorense
onde se sagrou Campeão Distrital,mesmo
não sendo titular.
Depois de duas épocas sem jogar,Libório
vai para os Estombarenses onde fica duas
temporadas e assume a equipa como jogador/
treinador.
Aos 50 anos,Libório ainda fez parte da
equipa de Futsal do G.E.J.U.P.C.E. de
Portimão.

 

 

 
Libório,o 2º em cima,da direita,no Sporting de Nampula
durante o serviço militar

Ficha de inscrição de Libório quando regressa ao 
Portimonense vindo do Amiense
Libório no Portimonense na época da subida á 1ªDivisão,
1975/1976

Libório no Silves em 1977/1978
Libório,em cima á direita,no Esperança de Lagos 
em 1980/1981

Libório titular no Silves em 1982/1983
Libório,o 2º em cima,da direita,no Silves

 Libório titular no Silves em 1983/1984

Libório,em cima,á direita,no Silves em 1984/1985

Libório no Estombarenses em 1989/1990 como jogador/
treinador

terça-feira, 15 de fevereiro de 2022

SERRANITO

(Joaquim António Serranito,5/2/1943,Évora) 
Avançado / Extremo
59/60-Casa Pia                  jun.
60/61-Sporting                  jun.
61/62-Sporting                  I
62/63-CUF                       I
63/64-Lusitano Évora            I
64/65-CUF                       I
65/66-Casa Pia                  II
66/67-Casa Pia                  III
67/68-Os Nazarenos              III
68/69-Os Nazarenos              III
69/70-Torres Novas              II
70/71-Torres Novas              III
71/72-Amora                     II
72/73-Torres Novas              II





      













 

 

 

 

 

 

 

 


Avançado alentejano natural de Évora,
Serranito começou nos juniores do Sporting 
onde foi Campeão Nacional do escalão em  
1960/1961.
Chamado aos seniores do clube de Alvalade
na época seguinte,com apenas 18 anos,
Joaquim Serranito alinhou em 1 partida para
o campeonato,sagrando-se assim também
Campeão Nacional senior pelos "Leões".
Actuando como extremo ou "interior",Serranito
jogou depois na CUF e no Lusitano de Évora,
na 1ª Divisão.No clube da sua terra natal,
em 1963/1964,o avançado alinhou em 14 jogos e
marcou 2 golos.Depois Serranito jogou no
Casa Pia,onde foi o melhor marcador e
capitão de equipa,e também no Clube 

Desportivo de Torres Novas,onde foi titular 
várias temporadas na 2ª Divisão.




Serranito no Amora em 1971/1972


Serranito na equipa senior do Sporting em Setembro de 1961

Serranito titular nos Nazarenos em 1968/1969

Serranito,o 5º em baixo,da esquerda,com a Taça de
Campeão Nacional de júniores com o Sporting em 1960/1961


Serranito na CUF em 1962/1963
Serranito em destaque no Lusitano de Évora em 1963/1964

Serranito,o 2º em baixo,da direita,no Torres Novas


Serranito,capitão no Casa Pia
Serranito,o melhor marcador do Distrital de Lisboa em 1967/1968

sábado, 5 de fevereiro de 2022

BAPTISTA SALLAS

(José Baptista Sallas,8/5/1897,Vila Real de Santo António)
Médio / Interior / Avançado
12/13-"3 Estrelas"       torneio popular
13/14-"Cometa F.C."      torneio popular
14/15-"Guadiana F.C."    torneio popular
15/16-"Guadiana F.C."    torneio popular
16/17-Lusitano V.R.S.A.  torneio popular
17/18-Lusitano V.R.S.A.  torneio popular
18/19-Lusitano V.R.S.A.  torneio popular
19/20-Lusitano V.R.S.A.  torneio popular
20/21-Lusitano V.R.S.A.  torneio popular
21/22-Lusitano V.R.S.A.  Region.
22/23-Lusitano V.R.S.A.  Region.
23/24-Lusitano V.R.S.A.  Region.

 

 






























Um dos fundadores do Lusitano F.C. de Vila Real
de Santo António,Baptista Sallas começou muito
jovem a jogar e organizar grupos de futebol na
sua terra natal,muito antes da criação da
Associação de Futebol do Algarve em 1922.
Juntamente com outros jovens de V.R.S.A.,como
Francisco Gomes Socorro,outro grande vulto da
história do Lusitano,José Baptista Sallas
participou na criação de pequenos clubes,
como o Cometa,os 3 Estrelas e o Guadiana F.C.,
antes da fundação do Lusitano em 1916.Foi mesmo 
Sallas,com os seu amigos,que compraram a primeira 
bola de futebol que apareceu em Vila Real de Santo
António.
Jogando em várias posições no campo,como era usual
na época,José Baptista Sallas foi eleito como
capitão de equipa e foi um dos principais obreiros
do primeiro título regional oficial do Lusitano
em 1922/1923.
Em 1924,Baptista Sallas vai trabalhar para Marrocos
mas continua jogando futebol em Casablanca,onde
residia,até aos 35 anos.







Baptista Sallas o 2º em baixo,da direita,no grupo de
futebol popular "3 Estrelas"  em 1912.










Baptista Sallas,o 2º em baixo,da direita no "Guadiana" em 1914






Baptista Sallas,em baixo,ao centro com a bola,numa das
primeiras equipas do Lusitano de V.R.S.A.



















Baptista Sallas no Lusitano em 1922


Baptista Sallas capitão no Lusitano em 1922/1923,Campeão Regional





Baptista Sallas no Lusitano num jogo em Espanha em 1923






Imagem de Baptista Sallas retirada do livro "Estórias de uma história centenária-Lusitano F.C." de Hugo Cavaco