quinta-feira, 10 de setembro de 2009

FLORIVAL

(Florival Pereira Tavares,26/8/1948,Setúbal)
Médio / Avançado

63/64-Vitária Setúbal-------juv.
64/65-Vitória Setúbal-------juv.
65/66-Vi
tória Setúbal-------jun. 
66/67-Vitória Setúbal-------jun.
67/68-Torres Novas------  --II
68/69-União Leiria-------  -III
69/70-União Leiria-------  -III
70/71-S.C.Marinhense-----  -II
71/72
-União Leiria-------  -II
72/73-Farense------------  -I
73/74-Farense-----------  --I
74/75-Un
ião Tomar-------  --I
75/76-U
nião Tomar-------  --I
76/77-P
ortimonense-------  -I
77/78-U
nião Tomar--------  -II
78/79-Portimonense------  --II
79/80-Rio Ave------------  -I
80
/81-Nacional-----------  -II
81/82-Ginásio Alcobaça--   -II
82/83-União Tomar--------  -III
83/84-G.D.Torralta--------  III

84/85-G.R.A.P.Pousos Leiria Dist.
85/86-Monte da Caparica     Dist.
86/87-Monte da Caparica     Dist.





















































Médio atacante nascido em Setúbal,Florival
teve várias passagens relevantes pelo
futebol algarvio com o ponto alto na época
de 1976/1977,quando ao serviço do Portimonense
foi o melhor marcador dos algarvios na
primeira época da história do P.S.C. na 1ª
Divisão,8 golos em 25 partidas.
Duas épocas depois,Florival retorna ao
Portimonense para de novo fazer história
ao participar na conquista do Campeonato
Nacional da 2ª Divisão,contribuindo com 22
jogos e marcando 5 golos.
Antes,entre 1972 e 1974,Florival tinha
alinhado pelo Farense,onde contribuiu para
a afirmação do clube de Faro na 1ª Divisão,
conseguindo,na época de 1973/1974,um 7º lugar
no campeonato,a melhor classificação do
clube até aquela data.
Em 1983/1984,já veterano,representa outro 
clube algarvio,o já extinto G.D.Torralta,onde
contribuiu para a única subida do clube á
2ª Divisão,vencendo a Série F do 3º escalão.
Jogador possante,de remate forte e bom jogo de
cabeça,Florival jogou na 1ª Divisão também
ao serviço do Rio Ave e nomeadamente ao serviço
do União de Tomar,onde alinhou ao lado do
"Pantera Negra" Eusébio,este em fim de carreira.
Florival faleceu em 2008.







Florival,o 2º em baixo,da esquerda,no União de Leiria
em 1971/1972

Florival,o 2º em baixo,da direita,na sua primeira época de 
senior em 1967/1968 no Torres Novas,onde ajudou o clube a alcançar 
uma classificação histórica,2º lugar na 2ª Divisão,Zona Norte,a 
um passo do primeiro escalão do futebol nacional
Florival,ao centro em baixo,no Marinhense em 1970/1971
Florival,o 1º em baixo,da esquerda,no Farense onde totalizou 23 jogos e 1 golo em 2 temporadas na 1ª Divisão
Florival,o 2º em baixo, da esquerda,melhor marcador do Portimonense na 1ª Divisão em 1976/1977 com 8 golos em 25 jogo
Florival,o 1º em baixo,da direita,no Portimonense em 1978/1979,
Campeão Nacional da 2ªDivisão
Florival,o 2º em cima,da esquerda,no União de Tomar em 1977/1978 com Eusébio



AMÍLCAR GONÇALVES

(Amílcar D`Aquino Gonçalves,28/9/1933,Vila Real de Santo António)
Extremo-esquerdo / Médio

49/50-Lusitano V.R.S.A.---   jun.
50/51-Lusitano V.R.S.A.--   -jun.
51/52-Lusitano V.R.S.A.--   -III
52/53-Lusitano V.R.S.A.--   -II
53/54-Lusitano V.R.S.A.-   --II
54/55-O Elvas                II
55/56-Lusitano V.R.S.A.      III
56/57-Sporting Covilhã---   -I
57/58-Sporting Covilhã---   -II
58/59-Sporting Covilhã---   -I
59/60-Sporting Covilhã---   -I
60/61-Sporting Covilhã--   --I
61/62-Sporting Covilhã--   --I
62/63-Sporting Covilhã---   -II
63/64-Sporting Covilhã---   -II
64/65-Sporting Covilhã---   -II
65/66-Sporting Covilhã---   -II
66/67-
Sporting Covilhã---   -II
67/68-C.D.Gouveia--------   -II
68/69-C.D.Gouveia--------   -II













































Amílcar foi mais um,de uma longa lista de
jogadores algarvios que foram chamados
a jogar pelo Sporting da Covilhã,em meados
dos anos 50.
Amílcar,como seu irmão mais novo,Marco,
começou no Lusitano da sua terra natal,Vila
Real de Santo António,onde deu nas vistas
pela sua combatividade e polivalência.
Em 1956 chega ao Covilhã para se fixar na 
equipa serrana por uma década,atuando em 
várias posições,incluindo,por uma ocasião,
a de guarda-redes.
Pelos "Leões da Serra",Amílcar foi finalista
da Taça de Portugal em 1956/1957,Campeão da
2ª Divisão em 1957/1958 e jogou 5 anos na
1ª Divisão,somando 65 jogos e 8 golos.
Terminaria a carreira em outro clube da
Serra,o G.D.Gouveia,e acabou por se radicar
na região serrana.








Amílcar,em baixo,á direita,no Covilhã em 1958/1959,o primeiro 
ano dos serranos na 1ªDivisão Nacional

Recorte da biografia de Amílcar retirada do livro 
"Figuras e Factos do S.C.Covilhã" de João de 
Jesus Nunes






Amílcar,em baixo,á direita,no Covilhã










Amílcar,o 2º em cima,da direita,capitão no C.D.Gouveia

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

NARCISO

(Mário Alvaro Baptista Narciso,4/12/1953,Setúbal)
Médio / Avançado

68/69-Vitória Setúbal------juv.
69/70-Vitória Setúbal------juv.
70/71-Vitória Setúbal------jun.
71/72-Vitória Setúbal------jun.
72/73-Vitória Setúbal------I
73/74-Torreense------------II
74/75-Torreense------------II
75/76-Vitória Setúbal------I
76/77-Vitória Setúbal------I
77/78-Vitória Setúbal------I
78/79-Vitória Setúbal------I
79/80-Vitória Setúbal------I
80/81-Amora----------------I
81/82-Vitória Guimarães----I
82/83-Vitória Setúbal------I
83/84-Benfica Cast. Branco-II
84/85-G.D.Torralta---------II
85/86-G.D.Torralta---------II

86/87-G.D.Torralta---------III








































Médio defensivo de formação,Narciso,depois
de 6 anos e mais de 100 jogos na 1ª Divisão
pelo "seu" Vitória setubalense,vai para o
Amora onde actua mais avançado no terreno e
marca 9 golos em 28 jogos,sendo o segundo
melhor artilheiro da equipa atrás de Jorge Silva.
 
Depois de passagens por Guimarães e Castelo Branco,
Narciso viria a terminar a carreira no Algarve,
ao serviço do G.D.Torralta,que na altura vivia
o seu momento mais alto,competindo pela primeira
e única vez,na 2ª Divisão.

No clube-empresa de Alvor,Narciso veio encontrar 
outros veteranos e antigos companheiros de outras 
equipas como Joaquim Rocha,Chico Santos,Sabú 
ou Norberto.
Da carreira de Mário Narciso como treinador
destaca-se o seu percurso como selecionar
nacional de Futebol de Praia,levando Portugal
a Campeão do Mundo da modalidade em 2015








Narciso,o 3º em baixo,da direita,no Vitória em 1977/78







Narciso,o 2º em baixo,da esquerda,no Vitória em 1978/79
quando fez 28 jogos e apontou 4 golos na 1ªDivisão.






Narciso decisivo na Torralta em 1985/86
Narciso,na Torralta em 1986/87,alinhando a
lateral-direito e a marcar um golo.



Narciso,em baixo,á direita,no Vitória de Setúbal
em 1982/83

Narciso no Vitória de Guimarães



































































 Narciso no Amora







Narciso jogou também durante algum
tempo no Toronto na Liga Canadiana
de Futebol,durante o defeso do Campeonato 
portuguès










Mário Narciso,em cima,á esquerda,na seleção nacional
de Futebol de Praia

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

JOSÉ RAFAEL

(José António Silvestre Rafael,22/11/1958, Faro)
Avançado

73/74-Farense----------       --juv.
74/75-Farense----------       --juv.
75/76-Farense----------       --jun.
76/77-Farense----------       --II
77/78-Farense---------       ---II
78/79-Farense---------       ---II
79/80-Portimonense----       ---I
80/81-Portimonense-----       --I
81/82-Amora------------       --I
82/83-Amora------------       --I
83/84-Farense----------       --I
84/85-Boavista--------       ---I
85/86-Boavista--------       ---I
86/87-Boavista---------       --I
87/88-Vitória Setúbal---       -I
88/89-Vitória Setúbal---       -I

88/89-Belenenses-------       --I






































 






Ponta de lança nascido em Faro,José
Rafael foi um avançado irreverente e 

oportuno que viu reconhecido o seu valor logo
com idade de
juvenil,tendo representado
Portugal por vár
ias vezes nos escalões
jovens quando ainda actuava no Farense.
Depois de uma passagem pelo Portimonense
onde não foi muito aproveitado(11 jogos,
1 golo na 1ª Divisão),José Rafael vai para
o Amora,então na divisão principal,onde foi
o melhor ma
rcador da equipa em 1982/1983 com 6
golos,não evitando,contudo,a despromoção.
No ano seguinte,de volta ao "seu" Farense,
cumpre a sua melhor temporada na 1ª Divisão
em golos marcados,11,em 21 jogos.
A seguir,José Rafael ruma ao norte onde
representou um ambicioso Boavista e foi ao
serviço do clube do Porto que chega á Seleção
Nacional,pa
rticipando em 2 jogos na fase de
apuramento para o Mundial 86,marcando inclusive
um tento a Malta num jogo que se tornou mais
difícil do que se p
oderia pensar,ficando o
resultado final
em 3-2.
Após o Boavista,José Rafael representou o
Vitória de Setúbal onde em 1987/1988 ainda marcou 
5 golos em 17 partidas.
O algarvio foi também internacional "Olímpico"
por  4 vezes,tendo terminado a carreira no
Belenenses aos 30 anos,vitima de lesão grave.










José Rafael,em baixo,á esquerda,Campeão Distrital
de juvenis no Farense
José Rafael,em baixo,á esquerda,no Farense em 1976/1977,
a sua primeira época de sénior

José Rafael no Portimonense,ao
centro,entre Diamantino e César.

José Rafael em destaque no jornal
"Barlavento" em 1983


Ficha de José Rafael em 1980





José Rafael no Farense contra Sporting de Braga

José Rafael nas selecções jovens














José Rafael no Amora
José Rafael no Boavista












A saida de José Rafael do Vitória em Setembro de 1988


José Rafael no Vitória de Setúbal contra o Boavista


terça-feira, 1 de setembro de 2009

PALMEIRO ANTUNES

(Joaquim Palmeiro Antunes,3/3/1936,Alter do Chão-Portalegre)
Extremo-direito

52/53-G.D.Portalegrense----jun.
53/54-G.D.Porta
legrense----jun.
54/55-Benfica--------------jun.
55/56-Benfica--------------I
56/57-Benfica--------------I
57/58-Benfica--------------I
58/59-Benfica--------------I
59/60-Lusitano Évora-------I
60/61-CUF------------------I
61/62-Sporting Covilhã-----I
62/63-Sporting Covilhã-----II
63/64-G.D.P.Costa Caparica-III
64/65-G.D.P.Costa Caparica-III




























 









O alentejano Palmeiro Antunes chegou ao  
Benfica ainda júnior e foi,no grande clube 
lisboeta, Campeão Nacional em 1956/1957,vencendo
também a Taça de Portugal em 1956/1957 e 1958/1959.

Em 1959/1960,Palmeiro Antunes transfere-se para 
o Lusitano de Évora para jogar com mais  
regularidade na companhia de outros dois ex  
benfiquistas,Fialho e Caraça mas um acidente
de viação limita a época no clube alentejano.
Depois de passar pela CUF,o ponta-direita vai 
para o Sporting da Covilhã onde chegou a marcar 
um golo ao seu antigo clube,o Benfica,numa vitória 
dos "Leões da Serra" sobre os "encarnados" por 2-1. 
Terminou a carreira bastante cedo no Clube 
Desportivo dos Pescadores da Costa da Caparica.





O acidente de Palmeiro Antunes em Outubro de 1959
que limitou a passagem do jogador pelo Lusitano de Évora


Palmeiro Antunes,á esquerda,em baixo,no Sporting da Covilhã
Palmeiro Antunes,em baixo,á esquerda,no Benfica em
1956/1957,Campeão Nacional 
Palmeiro Antunes,em baixo,á esquerda,no Benfica
Palmeiro Antunes,o 6º da esquerda,no Lusitano de Évora
em 1959/1960

Recorte retirado do livro "Figuras e 
Factos do Sporting da Covilhã" de 
João de Jesus Nunes
Palmeiro Antunes(a saltar á direita)em jogo
na Covilhã contra o Sporting numa imagem 
retirada do livro "Figuras e Factos do 
Sporting da Covilhã" de João de Jesus Nunes